refletir

refletir
o senhor te da autoridade
Censo Demográfico - 2000 - Resultados da Amostra População residente segundo as Grande Regiões a as unidades da Federação Grandes Regiões e Unidades da Federação Total (1) Evangélicos Porcentagem Brasil 169.872.859 26.184.942 15% Norte 12.911.170 2.550.484 20% Rondônia 1.380.952 375.483 27% Acre 557.882 113.520 17% Amazonas 2.817.252 593.551 21% Roraima 324.397 72.947 22% Pará 6.195.965 1.119.823 18% Amapá 477.032 88.559 19% Tocantins 1.157.690 186.601 16% Nordeste 47.782.448 4.903.939 10% Maranhão 5.657.552 649.970 11% Piauí 2.843.428 170.917 6% Ceará 7.431.597 612.847 8% Rio Grande do Norte 2.777.509 247.755 9% Paraíba 3.444.794 303.151 9% Pernambuco 7.929.154 1.072.503 14% Alagoas 2.827.856 254.600 9% Sergipe 1.784.829 129.797 7% Bahia 13.085.769 1.462.399 11% Sudeste 72.430.194 12.685.289 18% Minas Gerais 17.905.134 2.437.186 14% Espírito Santo 3.097.498 773.129 25% Rio de Janeiro 14.392.106 3.163.741 22% São Paulo 37.035.456 6.311.233 17% Sul 25.110.349 3.849.564 15% Paraná 9.564.643 1.590.378 17% Santa Catarina 5.357.864 802.395 17% Rio Grande do Sul 10.187.842 1.456.791 14% Centro-Oeste 11.638.658 2.195.666 19% Mato Grosso do Sul 2.078.070 378.654 18% Mato Grosso 2.505.245 418.149 17% Goiás 5.004.197 998.802 20% Distrito Federal 2.051.146 400.061 20%
Pedido de Oração Se você está em uma situação difícil, se mais nada dá certo, está desempregado, doente, tudo parece perdido, faça um pedido de oração e o estaremos colocando na Arca da Vitória. Deus está interessado em você, por isso estamos preocupados com teu bem estar. Faça agora mesmo seu pedido de oração preenchendo o furmlário abaixo e com muito prazer estaremos orando todo dia por você e sua família. Nome: Preencha o campo Nome E-mail: Preencha o campo E-mail Pedido de Oração: Preencha o campo Pedido de Oração

sábado, 21 de maio de 2011

Onde passarás a eternidade?
O mistério do ministério de Cristo ainda é incompreensível por grande parte daqueles que frequentam e visitam igrejas em diferentes lugares do mundo. Se a vinda de Cristo a este mundo não fosse benéfica aos seres humanos, satanás não o teria oferecido suas riquezas. As riquezas que daqui podemos desfrutar são ínfimas perante a grandiosidade do que Deus já nos preparou; a nossa morada eterna.

Eternidade não consiste em 100, 200 ou 1000 anos, mas num tempo sem fim, com estabelecimento de começo, mas sem determinação de final. Cristo veio ao mundo para que os que no mundo estavam cressem nele, mas nem todos criam, crêem e crerão no nome que é sobre todo nome. O nome de Jesus é marcante na história, na filosofia, na ciência e em qualquer outro meio secular que possamos imaginar desde que nos lembremos da divisão dos tempos de: Antes e depois de Cristo.

Jesus Cristo veio para demonstrar seu amor incompreensível, tanto aos letrados quanto aos leigos. Jesus tem total atração por aqueles que nada têm, são ou desejam ser. Porém, muitos ao serem alcançados pela graça abundante de Cristo se esquecem de quem realmente são, podem e devem. Vivem na obscuridade do “Eu”, mas, se constantemente formos mais sinceros conosco mesmos, e olharmos para dentro de nós e de nossa situação humana pecaminosa, nos lembraremos a quem devemos tributar louvores.

A promessa de Cristo em retornar ao mundo nos leva a pensar que estamos próximos a atingir a mesma situação de escravidão que Israel encontrava-se quando Deus enviou seu único Filho. A transformação que Cristo concede, o processo de salvação que Deus nos encaminha através da palavra, não nos promete dias de bençãos, alegrias, riquezas, mas de companhia, conforto e, principalmente, de vida eterna.

O amor incompreensível de Deus e sua revolta contra escribas, fariseus, saduceus e todos quantos se posicionavam contra os ensinos de Cristo, levou Deus a buscar o reconhecimento de sua divindade nos pequenos, fracassados, naqueles que realmente e verdadeiramente reconheceram suas debilidades a fim de alcançarem a salvação eterna. A atenção de Cristo a Madalena, o amor demonstrado por Ele na cruz do calvário ao companheiro errante, nos leva a compreender quão largo, comprido, alto e profundo é este sentimento dele para como o pecador.

Cristo não veio vender a vida eterna, mas propô-la, presenteá-la. A vida eterna é a maneira que Deus encontra em retribuir os que verdadeiramente o adoram, amam e buscam. O cristianismo não é primeiramente um código moral, mas um caso de amor de Deus com os homens. A demonstração de conceitos morais é vivida mediante a vivência da palavra de Deus, mas não é somente nisto que devemos resumir o cristianismo.

O mistério que já nos foi revelado do ministério de Cristo é o amor, mas este não é conhecido por muitos que fecham sua vida para não a usarem como meio de passar adiante a maneira que o ser humano alcançará vida eterna. Esta recusa nos leva a viver no individualismo humano, e não no propósito de união que a bíblia nos ensina.

Cristo veio ao mundo, Ele como Deus fez sua parte, nós como servos deveríamos e devemos segui-lo. Servo é aquele que faz tudo quanto pode - primeiro: para conhecer a Deus, para ser útil em sua obra e para abençoar vidas. É daqueles que antes de sentar-se para ser servido, ajoelha-se para servir.

O ministério de Cristo permanece neste mundo, vivo e eficaz, mas somente através dos que aceitam a proposta bíblica do evangelismo, da pregação sem retornos, pois se Cristo esperasse algo em troca como condição de benção por tudo que nos tem dado, certamente nada receberíamos.

O meu convite a você é para que se desvencilhie-se de si mesmo, reconheças sua situação e condição de servo, e viva conforme a palavra de Cristo nos ensina e determina.



Calebe Ibaldo Moreno

Nenhum comentário:

Postar um comentário