refletir

refletir
o senhor te da autoridade
Censo Demográfico - 2000 - Resultados da Amostra População residente segundo as Grande Regiões a as unidades da Federação Grandes Regiões e Unidades da Federação Total (1) Evangélicos Porcentagem Brasil 169.872.859 26.184.942 15% Norte 12.911.170 2.550.484 20% Rondônia 1.380.952 375.483 27% Acre 557.882 113.520 17% Amazonas 2.817.252 593.551 21% Roraima 324.397 72.947 22% Pará 6.195.965 1.119.823 18% Amapá 477.032 88.559 19% Tocantins 1.157.690 186.601 16% Nordeste 47.782.448 4.903.939 10% Maranhão 5.657.552 649.970 11% Piauí 2.843.428 170.917 6% Ceará 7.431.597 612.847 8% Rio Grande do Norte 2.777.509 247.755 9% Paraíba 3.444.794 303.151 9% Pernambuco 7.929.154 1.072.503 14% Alagoas 2.827.856 254.600 9% Sergipe 1.784.829 129.797 7% Bahia 13.085.769 1.462.399 11% Sudeste 72.430.194 12.685.289 18% Minas Gerais 17.905.134 2.437.186 14% Espírito Santo 3.097.498 773.129 25% Rio de Janeiro 14.392.106 3.163.741 22% São Paulo 37.035.456 6.311.233 17% Sul 25.110.349 3.849.564 15% Paraná 9.564.643 1.590.378 17% Santa Catarina 5.357.864 802.395 17% Rio Grande do Sul 10.187.842 1.456.791 14% Centro-Oeste 11.638.658 2.195.666 19% Mato Grosso do Sul 2.078.070 378.654 18% Mato Grosso 2.505.245 418.149 17% Goiás 5.004.197 998.802 20% Distrito Federal 2.051.146 400.061 20%
Pedido de Oração Se você está em uma situação difícil, se mais nada dá certo, está desempregado, doente, tudo parece perdido, faça um pedido de oração e o estaremos colocando na Arca da Vitória. Deus está interessado em você, por isso estamos preocupados com teu bem estar. Faça agora mesmo seu pedido de oração preenchendo o furmlário abaixo e com muito prazer estaremos orando todo dia por você e sua família. Nome: Preencha o campo Nome E-mail: Preencha o campo E-mail Pedido de Oração: Preencha o campo Pedido de Oração

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

homilética

HOMILÉTICA (Introdução)
HOMILÉTICA
Introdução ao estudo
Da Arte de preparer e pregar sermões

(Pastor Marcos Antonio da Silva)

.Matéria ministrada no Seminário Teológico Shema
da Assembly of God em Hyannis, MA - U.S.A.

_______________________________________________


1. QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA HOMILÉTICA ...

• (Todos alunos recitam – a definição da Apostila....)

• HOMILOS – multidão, assembléia do povo

• HOMILEU – que é o verbo conversar

• HOMILIA – pequeno discurso

• HOMILETIKE – ensino em tom familiar


2. Por que a pregação era desde o princípio da Igreja em tom familiar...HOMILETIKE...

• Resposta: Os cultos eram nas casas. Soma-se ao fato de muitas vezes – a Igreja se reunir as escondidas devido as grandes perseguições.

• Os moldes de ensino e pregação daqueles dias eram muito diferentes de hoje.

• Quando a Igreja começou a proclamar a Palavra de Deus publicamente – sentiu-se a necessidade por parte dos líderes da Igreja – de se desenvolver o que chamamos de HOMILÉTICA SACRA.


3. QUAIS OS TRES ELEMENTOS QUE FORMAM A HOMILÉTICA SACRA...


• 1ª.) ORATÓRIA
• 2ª.) ELOQUENCIA
• 3ª.) RETÓRICA

1ª.) ORATÓRIA - que é a arte de falar em público
-Existem 5 formas conhecidas:
- A Oratória Academica – nos círculos academicos e universitários
- A Oratória Forense – nas corte e tribunais
- A Oratória Política – nos discursos que tratam assuntos do Estado e do Povo
- A Oratória Popular (desprovida de método que acontece nas ruas, festejos, e nos protestos sociais
- A Oratória Religiosa ou Sagrada – Que busca divulgar a Religião e a Fé através da pregação.

John Broadus: “ A PREGAÇÃO É A CARACTERÍSTICA DO CRISTIANISMO”


2ª.) ELOQUENCIA

- É a capacidade adquirida ou aptidão natural do homem para persuadir, aperfeiçoada ou não pela arte.

- O pregador não deve confundir eloquencia com emoção. Ele deve saber controlar suas emoções, sem porém neutralizá-las.

- Na pregação – a Eloquencia é de grande valor. A Eloquencia não se manifesta apenas pelas palavras, mas também pelo olhar, gestos, postura do pregador

- Eloquencia está interligado com o propósito de persuadir

- Eloquencia é uma palavra derivada do Latim: ELOQUENTIA – que signigica ELEGANCIA NO FALAR.
Obs: - Sobre isto – Convém que se diga que ser um pregador eloquente – não significa:

.Ser um pregador mal educado

.Ser um pregador desreipeitoso

-Ser um pregador gritador

3ª.) RETÓRICA

- Conjunto de Regras relativas a eloquencia; a arte de falar bem.

- A Retórica é conjunto de regras que aprimora a Eloquencia e dá a pregação uma forma primorosa.

- Definição do pastor Elienai Cabral: “ Retórica é o estudo teórico e prático das regras que desenvolvem e aperfeiçoam o talento natural da palavra.

- É possivel um pregador ter boa retórica – e não ter Eloquencia


Observação Importante: QUATRO ELEMENTOS QUE DEVEM SER CLARAMENTE ENTENDIDOS PELOS PREGADORES:

1º.) O TALENTO, A VOCAÇÃO.........................que vem de Deus

2º.) O CONHECIMENTO ADQUIRIDO.......pelo estudo, pesquisa

3º.) A HABILIDADE.......que é a soma do Talento, Dom com o Conhecimento adquirido

4º.) A UNÇÃO DO ESPÍRITO



• ELOCUÇÃO -
1. Boa e elegante enunciação de pensamentos pela palavra.
2. Maneira de se exprimir


• DOIS FATORES QUE DETERMINAM UMA BOA PREGAÇÃO, OU DISCURSO: A VOZ DO ORADOR E SEU VOCABULÁRIO

1º.) PROBLEMAS DA VOZ

A) GAGUEZ ou GAGUEIRA – que se define pela dificuldade de articular as palavras

B) TARTAREIO – que se define em pronunciar as palavras de forma incompleta: tartamudear.

- Imagine um pregador que não pronuncia completamente as palavras (A compreensão fica difícil)

B) BALBUCIENCIA –
- Ela se caracteriza pela morosidade, lentidão em transmitir a mensagem.
Então, o pregador ou orador fica balbuciando. Ele começa a engolir saliva, pigarrear e exprimir-se de forma confusa.

2º.) TIPOS DE PREGADORES COM RELAÇÃO A PROBLEMAS NA VOZ:

A) O PREGADOR RESMUNGADOR
- É aquele cuja voz parece estar enjaulada, porque fala com os lábios fechados ou com os dentes cerrados, dificultando o entendimento das palavras.

B) O PREGADOR GRITADOR
- É o oposto do resmungador. Prega pela garganta. Este tipo de pregador está fadado a perder logo a voz

C) O PREGADOR CANTAROLADOR
- É aquele pregador que a voz é como uma música desafinada.

D) O PREGADOR MONÓTONO
- mono: um - tono: tom
- É o pregador cuja voz só tem uma tonalidade, que normalmente provoca sonolencia no auditório.

E) O PREGADOR DE VOZ DUPLA OU TRIPLA
- Ele no decorrer do discurso vai mudando a tonalidade da voz. Começa no grave...vai pro agudo...

F) O PREGADOR ROUCO
– Um irmão certa vez ao ouvir um pregador desse tipo, disse: Vamos arrumar um Xarope pra este homem!”

G) O PREGADOR PIGARREADOR
- Este tipo de pregador, toda veZ que vai falar precisa, limpar a garganta. Pode ser um tique nervoso...

H) O PREGADOR FANHOSO
- Dá a impressão que ele está se expressando pelas narinas
.......................................................................................

COMPARTILHO AGORA A TÍTULO DE ILUSTRAÇÃO
ALGUMAS MODALIDADE DE PREGADORES AO GOSTO DO PÚBLICO GOSPEL DE NOSSO TEMPO – (da preciosa pena do caro
Pastor Ciro Sanches Zibordi)



• Pregador humorista.
Diverte muito o seu público-alvo. Tem habilidade para contar fatos anedóticos (ou piadas mesmo) e fazer imitações. Ele é como o famoso humorista do gênero stand-up comedy Chris Rock (que aparece na imagem acima). De vez em quando cita versículos. Mas os seus admiradores não estão interessados em ouvir citações bíblicas. Isso, para eles, é secundário.

• Pregador “de vigília”.
Também é conhecido como pregador do reteté. Aparenta ter muita espiritualidade, mas em geral não gosta da Bíblia, principalmente por causa de 1 Coríntios 14, especialmente os versículos 37 e 40: “Se alguém cuida ser espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor... faça-se tudo decentemente e com ordem”. Quando ele vê alguém manejando bem a Palavra da verdade (2 Tm 2.15), considera-o frio e sem unção. Ignora que o expoente que agrada a Deus precisa crescer na graça e no conhecimento (2 Pe 3.18; Jo 1.14; Mt 22.29). Seu público parece embriagado e é capaz de fazer tudo o que ele mandar.

• Pregador “de congresso”.
Entre aspas porque existe o pregador de congresso que faz jus ao título. Mas o pregador “de congresso” (note: entre aspas) anda de mãos dadas com o pregador “de vigília”, mas é mais famoso. Segundo os admiradores dessa modalidade, trata-se do pregador que tem presença de palco e muita “unção”. Também conhecido como pregador malabarista ou animador de auditórios, fica o tempo todo mandando o seu público repetir isso e aquilo, apertar a mão do irmão ao lado, beliscá-lo... Se for preciso, gira o paletó sobre a cabeça, joga-o no chão, esgoela-se, sopra o microfone, emite sons de metralhadora, faz gestos que lembram golpes de artes marciais... Exposição bíblica que é bom... quase nada!

• Pregador de congresso agressivo.
É aquele que tem as mesmas características do pregador acima, mas com uma “qualidade” a mais. Quando percebe que há no púlpito alguém que não repete os seus bordões, passa a atacá-lo indiretamente. Suas principais provocações são: “Tem obreiro com cara de delegado”, “Hoje a sua máscara vai cair, fariseu”, “Você tem cara amarrada, mas você é minoria”. Estas frases levam o seu fanático público ao delírio, e ele se satisfaz em humilhar as pessoas que não concordam com a sua postura espalhafatosa.

Pregador popstar.
Seu pregador-modelo é o show-man, e não o Senhor Jesus. É um tipo de pregador admirado por milhares de pessoas. Já superou o pregador de congresso. É um verdadeiro artista. Veste-se como um astro; sua roupa é reluzente. Ele, em si, chama mais a atenção que a sua pregação. É hábil em fazer o seu público a abrir a carteira. Seus admiradores, verdadeiros fãs, são capazes de dar a vida pelo seu pregador-ídolo. Eles não se importam com as heresias e modismos dele. Trata-se de um público que supervaloriza o carisma, em detrimento do caráter.


Pregador contador de histórias.
Conta histórias como ninguém, mas não respeita as narrativas bíblicas, acrescentando-lhes pormenores que comprometem a sã doutrina. Costuma contextualizar o texto sagrado ao extremo. Ouvi certa vez um famoso pregador dizendo: “Absalão, com os seus longos cabelos, montou na sua motoca e vruuum...” Seu público — diferentemente dos bereanos, que examinavam “cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim” (At 17.11) — recebe de bom grado histórias extrabíblicas e antibíblicas.

Pregador cantante.
Indeciso quanto à sua chamada. Costuma cantar dois ou três hinos (hinos?) antes da pregação e outro no meio dela. Ao final, canta mais um. Seu público gosta dessa “versatilidade” e comemora: “Esse irmão é uma bênção! Prega e canta”. Na verdade, ele não faz nenhuma das duas coisas bem.

Pregador massagista.
É hábil em dizer palavras que massageiam os egos e agradam os ouvidos (2 Tm 4.1-5). Procura agradar a todos porque a sua principal motivação é o dinheiro. Ele não tem outra mensagem, a não ser “vitória”, principalmente a financeira. Talvez seja o tipo de pregador com maior público, ao lado dos pregadores humorista, popstar.

Pregador sem graça.
É aquele que não tem a graça de Deus (At 4.33). Sua pregação tem bastante conteúdo, mas é como uma espada: comprida e chata (maçante, enfadonha). Mas até esse tipo de pregador tem o seu público, formado pelos irmãos que gostam de dormir ou conversar durante a pregação.

Pregador chamado por Deus (1 Tm 2.7).
Prega a Palavra de Deus com verdade. Estuda a Bíblia diariamente. Ora. Jejua. É verdadeiramente espiritual. Tem compromisso com o Deus da Palavra e com a Palavra de Deus. Seu paradigma é o Senhor Jesus Cristo, o maior pregador que já andou na terra. Ele não prega para agradar ou agredir pessoas, e sim para cumprir o seu chamado. Seu público — que não é a maioria, posto que são poucos os fiéis (Sl 12.1; 101.6) — sabe que ele é um profeta de Deus. Esse tipo de pregador está em falta em nossos dias, mas não chama muito a atenção das agências de pregadores. A bem da verdade, estas também sabem que nunca poderão contar com ele...

Qual é a sua modalidade preferida, prezado leitor? Você pertence a qual público? E você, pregador, qual dos perfis apresentados mais lhe agrada?

Nenhum comentário:

Postar um comentário