refletir

refletir
o senhor te da autoridade
Censo Demográfico - 2000 - Resultados da Amostra População residente segundo as Grande Regiões a as unidades da Federação Grandes Regiões e Unidades da Federação Total (1) Evangélicos Porcentagem Brasil 169.872.859 26.184.942 15% Norte 12.911.170 2.550.484 20% Rondônia 1.380.952 375.483 27% Acre 557.882 113.520 17% Amazonas 2.817.252 593.551 21% Roraima 324.397 72.947 22% Pará 6.195.965 1.119.823 18% Amapá 477.032 88.559 19% Tocantins 1.157.690 186.601 16% Nordeste 47.782.448 4.903.939 10% Maranhão 5.657.552 649.970 11% Piauí 2.843.428 170.917 6% Ceará 7.431.597 612.847 8% Rio Grande do Norte 2.777.509 247.755 9% Paraíba 3.444.794 303.151 9% Pernambuco 7.929.154 1.072.503 14% Alagoas 2.827.856 254.600 9% Sergipe 1.784.829 129.797 7% Bahia 13.085.769 1.462.399 11% Sudeste 72.430.194 12.685.289 18% Minas Gerais 17.905.134 2.437.186 14% Espírito Santo 3.097.498 773.129 25% Rio de Janeiro 14.392.106 3.163.741 22% São Paulo 37.035.456 6.311.233 17% Sul 25.110.349 3.849.564 15% Paraná 9.564.643 1.590.378 17% Santa Catarina 5.357.864 802.395 17% Rio Grande do Sul 10.187.842 1.456.791 14% Centro-Oeste 11.638.658 2.195.666 19% Mato Grosso do Sul 2.078.070 378.654 18% Mato Grosso 2.505.245 418.149 17% Goiás 5.004.197 998.802 20% Distrito Federal 2.051.146 400.061 20%
Pedido de Oração Se você está em uma situação difícil, se mais nada dá certo, está desempregado, doente, tudo parece perdido, faça um pedido de oração e o estaremos colocando na Arca da Vitória. Deus está interessado em você, por isso estamos preocupados com teu bem estar. Faça agora mesmo seu pedido de oração preenchendo o furmlário abaixo e com muito prazer estaremos orando todo dia por você e sua família. Nome: Preencha o campo Nome E-mail: Preencha o campo E-mail Pedido de Oração: Preencha o campo Pedido de Oração

domingo, 28 de agosto de 2011


Relacione-se bem com seus filhos
Relacionar-se bem com pessoas próximas a nós nem sempre é uma tarefa fácil, e quando o assunto é entre pais e filhos as coisas tendem a piorar: quando termina o tempo em que seus filhos faziam, sem questionar, tudo o que você pedia; quando os pais perdem a autoridade por alguma falta cometida, ou aos filhos é imposta a responsabilidade de alcançar um sonho que os pais não alcançaram; ou pessoas de fora influenciam nas decisões de familiares. Estes são alguns exemplos de conflitos. Todos nós já passamos por um período de rebeldia, onde não éramos compreendidos e tínhamos dificuldade de compreender os outros.

Seja qual for a fonte do problema, creio que este artigo ajudará você, pai, a entender um pouco mais seus filhos e, você, filho, a entender seus pais.

Período de mudanças: durante nossas vidas ocorrem mudanças bruscas, principalmente quem tem filho adolescente já deve ter notado isso. Essas mudanças são inevitáveis. Cabe a nós administrá-las da melhor maneira possível.

Alguém tem que ceder: parece um contra senso, mas, quando ocorre um enfrentamento, alguém precisa deixar de lado suas razões. A maneira mais fácil de ensinar um filho a pedir perdão é pedindo perdão por alguma ofensa.

Mantendo amizade: se você, filho, não quer perder seus pais de vista, mantenha uma aproximação através da amizade, procure não lançar em rosto coisas passadas, isso às vezes fere mais que uma agressão física.

Respeito à privacidade: existem maneiras de se dialogar sobre um assunto sem invadir a privacidade do outro mesmo morando sob o mesmo teto: descubra como. Os filhos não devem ditar as decisões dos pais, mas podem participar das mesmas. Os pais podem supervisionar os filhos sutilmente sem serem notados, amando-os e compreendendo-os.

Tolerância: quando o assunto é tolerância, então parece que pioram as coisas, mas é justamente a ausência desta que atrai muitos conflitos. Porém, à medida que suportamos também somos suportados. Não esqueça, todos nós falhamos em muitas coisas, e até aqui Deus tem nos suportado.

Se em situações de sua vida não tens tido o jeito adequado para lidar com situações adversas do comportamento de seus filhos, então peça ao Senhor e utilize os exemplos bíblicos na educação daqueles que o Senhor lhe deu por filhos, pois não há manual de ensino mais precioso e de fácil compreensão que a palavra de Deus.

Sucesso com sua família.

sábado, 9 de julho de 2011

Texto de Reflexão: A Estrada do Sucesso

A estrada para o sucesso não é uma reta,
Há uma curva chamada fracasso,
Um trevo chamado confusão,
Quebra-molas chamados amigos,
Faróis de advertência chamados família,
E pneus furados chamados desânimo.
Mas...
Se você tiver um estepe chamado determinação,
Um motor chamado fé,
Um motorista chamado Jesus,
Você chegará a um lugar chamado sucesso.
Texto de Reflexão: Hospital do Senhor
Certo dia, fui ao Hospital do Senhor para fazer um check-up de rotina e percebi que estava doente.
Quando Jesus mediu a minha pressão, constatou que estava baixa de ternura. Ao medir a temperatura, o termômetro registrou 40 graus de egoísmo. Fiz um eletrocardiograma e foi diagnosticado que necessitava urgentemente de uma ponte de amor, pois minha veia estava bloqueada e não estava abastecendo meu coração vazio.
Passei pela Ortopedia, pois estava com dificuldade de andar lado a lado com meu irmão e não conseguia abraçá-lo, por ter fraturado o braço ao tropeçar na minha vaidade. Contatou-se também miopia, pois não conseguia enxergar nada além das aparências. No Otorrino, quexei-me de ter dificuldade de ouvi-Lo e diagnosticou bloqueio em decorrência das palavras vazias do dia-a-dia.
Prometo ao sair daqui, usar somente remédios naturais que me indicou e que estão no receituário do Seu Evangelho:
Vou tomar diariamente ao me levantar: CHÁ DE AGRADECIMENTO com um comprimido de ORAÇÃO.
Ao chegar ao trabalho, beber uma colher de BOM DIA.
De hora em hora, um comprimido de PACIÊNCIA, com HUMILDADE.
Ao chegar em casa, vou tomar uma injeção de AMOR.
E ao me deitar duas capsulas de CONSCIÊNCIA TRANQUILA.
Recomendou-me ainda a prática de ORAR SEM CESSAR, com LEITURA BÍBLICA.
Senhor, prometo prolongar esse tratamento preventivo por toda a vida.
Texto de Reflexão: Eu Sabia que Você Vinha!

Um homem dizia sempre ao seu filho: “Haja o que houver, eu sempre estarei ao seu lado”.
Certo dia na cidade onde moravam ocorreu um terremoto muito grande. Após o terremoto este homem foi para casa e viu que sua esposa estava bem, mas seu filho ainda estava na escola, então ele foi imediatamente para lá, mas tudo estava destruído.
Tomado de muita Tristeza, ficou pensando na alegria do filho e na promessa que tinha feito: “Haja o que houver, eu sempre estarei ao seu lado”. Seu coração estava apertado e seus olhos olhavam a destruição.
Então, mentalmente, ele percorreu o trajeto que fazia diariamente com seu filho até a porta da sala na escola. Resolveu fazer o mesmo caminho por cima dos escombros: portão, corredor, virou a direita e parou no lugar onde deveria ser a sala de aula de seu filho. Nada! Apenas uma pilha de material destruído.
Inconformado começou a cavar com as mãos. Outros pais chegaram e tentaram tirá-lo de lá, dizendo:
- Vá para casa. Não adianta, não há ninguém vivo!
Mas ele continuava e dizia:
- Me ajudem!
Ninguém o ajudava. Chegaram os bombeiros e foi a mesma coisa. Os policiais também tentaram tirá-lo dali, pois sabiam que não havia chance de sobreviventes. Porém, o pai continuava cavando e não se esquecia da promessa feita ao filho. Duas horas, três horas, cinco horas, trabalhou sem descanso, chamando pelo filho. Então, escutou:
- Pai, estou aqui! Eu sabia que você viria!
Ele fez mais força para abrir um vão maior e perguntou:
- Você está bem?
- Estou! Mas com fome, sede e medo.
- Tem mais alguém com você?
- Sim. Outros colegas comigo. Não posso vê-los, mas posso escutá-los. Eu disse para eles que o senhor viria, mas eles não acreditaram. Que bom que me encontrou! O senhor cumpriu sua promessa!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Jesus está voltando!
É inevitável a afirmação de que Cristo está voltando. Sinais meteorológicos, guerras, apostasias, epidemias, entre outros aspectos que poderiam ser citados, dão-nos indícios, segundo a palavra de Deus, de que em um futuro bem próximo acontecerá o que está escrito em Lucas 17:24: “Porque, como o relâmpago ilumina desde uma extremidade inferior do céu até à outra extremidade, assim será também o Filho do homem no seu dia.”

Em um momento inesperado, incalculável e desconhecido será do conhecimento de bilhões de pessoas a imediata notícia do desaparecimento de cidadãos de várias partes do mundo. Dependendo da crença muitos poderão até achar que tratar-se-á de uma abdução de humanos por seres não identificados, outros chegarão à conclusão de que seus estudos científicos eram infundados quando relacionavam os paradigmas cristãos a uma loucura criada pela igreja.

Os seguidores do darwinismo verão que os ensinamentos bíblicos eram concretos em suas afirmações. Crenças, filosofias, estudos, seitas que deterioraram a consciência de milhões de pessoas irão cair por terra quando observarem que os que sumiram são cristãos.

Não será uma suposição, mas literalmente os meios de comunicação irão desenvolver matérias e notícias a partir de fatos concretos. Os hinduístas indianos perceberão que as 330 milhões de divindades seguidas naquele país não passam de aberrações religiosas. O cientista Stephen Hawking, segundo a revista Superinteressante, não afirma a inexistência de Deus, porém salienta que ele não é necessário para a humanidade.

Esta e outras afirmações têm levado milhões de pessoas ao inferno, seguidores de vãs filosofias. A palavra de Deus explicita claramente que “Jesus é o caminho, a verdade e a vida”. Baseados nesta palavra nós, cristãos, estamos fundamentados e convocados a viver uma vida de retidão na presença do Senhor, o que nos garantirá o direito de morar no céu.

Conscientes de nossa responsabilidade em anunciar o evangelho aos que desconhecem a verdade estamos enviando missionários a várias partes do mundo, pois sabemos que a vinda do Senhor está próxima, e se ganharmos almas para o Senhor teremos o que lhe apresentar no Dia do Juízo Final. As evidências da volta do Mestre são irrefutáveis: a ciência a cada dia tem se multiplicado, a criminalidade tem se propagado entre familiares, pessoas destruídas psicologicamente, resultado da sociedade desestruturada em que convivem.

Segundo Rousseau o homem nasce bom, porém a sociedade o corrompe. Por isso, ensinarmos nossas crianças e prepararmos missionários para serem enviados ao campo é nossa obrigação. Sinto-me feliz em poder expressar-me em relação ao evangelho nesta revista. Como dizia Spurgeon: “Somos humanos e tratamos de coisas divinas”.

Missões agora ou nunca mais!


Pr. Reuel Bernardino
Vice-Presidente G.M.U.H.

sábado, 21 de maio de 2011

Onde passarás a eternidade?
O mistério do ministério de Cristo ainda é incompreensível por grande parte daqueles que frequentam e visitam igrejas em diferentes lugares do mundo. Se a vinda de Cristo a este mundo não fosse benéfica aos seres humanos, satanás não o teria oferecido suas riquezas. As riquezas que daqui podemos desfrutar são ínfimas perante a grandiosidade do que Deus já nos preparou; a nossa morada eterna.

Eternidade não consiste em 100, 200 ou 1000 anos, mas num tempo sem fim, com estabelecimento de começo, mas sem determinação de final. Cristo veio ao mundo para que os que no mundo estavam cressem nele, mas nem todos criam, crêem e crerão no nome que é sobre todo nome. O nome de Jesus é marcante na história, na filosofia, na ciência e em qualquer outro meio secular que possamos imaginar desde que nos lembremos da divisão dos tempos de: Antes e depois de Cristo.

Jesus Cristo veio para demonstrar seu amor incompreensível, tanto aos letrados quanto aos leigos. Jesus tem total atração por aqueles que nada têm, são ou desejam ser. Porém, muitos ao serem alcançados pela graça abundante de Cristo se esquecem de quem realmente são, podem e devem. Vivem na obscuridade do “Eu”, mas, se constantemente formos mais sinceros conosco mesmos, e olharmos para dentro de nós e de nossa situação humana pecaminosa, nos lembraremos a quem devemos tributar louvores.

A promessa de Cristo em retornar ao mundo nos leva a pensar que estamos próximos a atingir a mesma situação de escravidão que Israel encontrava-se quando Deus enviou seu único Filho. A transformação que Cristo concede, o processo de salvação que Deus nos encaminha através da palavra, não nos promete dias de bençãos, alegrias, riquezas, mas de companhia, conforto e, principalmente, de vida eterna.

O amor incompreensível de Deus e sua revolta contra escribas, fariseus, saduceus e todos quantos se posicionavam contra os ensinos de Cristo, levou Deus a buscar o reconhecimento de sua divindade nos pequenos, fracassados, naqueles que realmente e verdadeiramente reconheceram suas debilidades a fim de alcançarem a salvação eterna. A atenção de Cristo a Madalena, o amor demonstrado por Ele na cruz do calvário ao companheiro errante, nos leva a compreender quão largo, comprido, alto e profundo é este sentimento dele para como o pecador.

Cristo não veio vender a vida eterna, mas propô-la, presenteá-la. A vida eterna é a maneira que Deus encontra em retribuir os que verdadeiramente o adoram, amam e buscam. O cristianismo não é primeiramente um código moral, mas um caso de amor de Deus com os homens. A demonstração de conceitos morais é vivida mediante a vivência da palavra de Deus, mas não é somente nisto que devemos resumir o cristianismo.

O mistério que já nos foi revelado do ministério de Cristo é o amor, mas este não é conhecido por muitos que fecham sua vida para não a usarem como meio de passar adiante a maneira que o ser humano alcançará vida eterna. Esta recusa nos leva a viver no individualismo humano, e não no propósito de união que a bíblia nos ensina.

Cristo veio ao mundo, Ele como Deus fez sua parte, nós como servos deveríamos e devemos segui-lo. Servo é aquele que faz tudo quanto pode - primeiro: para conhecer a Deus, para ser útil em sua obra e para abençoar vidas. É daqueles que antes de sentar-se para ser servido, ajoelha-se para servir.

O ministério de Cristo permanece neste mundo, vivo e eficaz, mas somente através dos que aceitam a proposta bíblica do evangelismo, da pregação sem retornos, pois se Cristo esperasse algo em troca como condição de benção por tudo que nos tem dado, certamente nada receberíamos.

O meu convite a você é para que se desvencilhie-se de si mesmo, reconheças sua situação e condição de servo, e viva conforme a palavra de Cristo nos ensina e determina.



Calebe Ibaldo Moreno

domingo, 15 de maio de 2011

O pecado e a mulher sem nome!
O adultério era inadmissível entre os judeus. Foram criados com fundamentos restritos as leis de Moisés, e aprenderam que tudo que lhes fora ordenado deveriam seguir e cumprir. Quando Deus falou a Moisés a respeito dos dez mandamentos, o povo era reprimido a sofrer em sua carne, pois tinham em seu DNA a corrupção dos Egípcios, resquícios de tradições profanas e hábitos desencadeados da constante vivência com o pecado.

Quando aquela mulher foi encontrada em adultério, logo levaram-na a presença de Jesus para de alguma forma tentar acusá-lo, pois constantemente pregava sobre o amor ao próximo. Jesus usava de sabedoria em todas suas respostas, pois o intento dos escribas e fariseus era torná-lo maldito antes do tempo. Cristo propalava palavras de vida e não de morte, de perdão; e não de condenação.

A condenação é o ultimato para o réu e a condição temporária de asilo, afastamento da sociedade em que vive, pois tem o afastamento objetivo de levar o errante a repensar seus conceitos e atitudes. Quando a trouxeram à presença do mestre, fizeram-no a seguinte pergunta:

“Na lei mandou Moisés que a apedrejássemos, tu, porém, que dizes?”

Penso que o olhar de Cristo sobre atitude daqueles homens era de misericórdia, assim como ao ser crucificado disse que os que ali estavam não sabiam o que faziam, e clamou ao Pai que os perdoasse. Surpresos ficaram ao ouvir as palavras que Jesus pronunciou, indagando a eles que se não tivessem pecado, atirassem as pedras.

O ser humano quando levado a consciência de seus erros, dota-se de uma capacidade de repensar seus conceitos. Jesus com calma, a sós com a mulher desprezada pelos acusadores, disse-lhe: Ninguém te condenou? Surpresa ela respondeu: Ninguém. Então Jesus a olhou e com amor, sem menos dar-lhe a oportunidade de retratar-se de sua falta, lhe disse que também não a condenaria, mas que fosse e não pecasse mais.

Jesus não precisou citar que suas atitudes eram erradas, pois suas palavras eram ecoantes àquele coração humilhado. Certamente a mulher adúltera não mais sentir-se-ia vazia, sem perdão, compreensão, pois teve um encontro com o Rei dos Reis. Outros reis a condenariam a morte, ao apedrejamento, mas o Deus do perdão, o que abre os braços para o retorno do filho pródigo e a ele estende a túnica antes mesmo de se retratar, é o mesmo Deus de Raabe, Mefibosete e da mulher adúltera.

Certo pastor ficou entrigado com o testemunho de uma irmã que dizia falar com Jesus pessoalmente, por isso foi até sua casa lhe desafiar. Disse para simples mulher: é verdade que vês Cristo todos os dias? E ela lhe respondeu: Sim. Então diga-me o que ele diz sobre os pecados que tenho confessado a Ele. O pastor foi embora, mas antes disse que esperaria respostas. O tempo passou e a senhora ligou para o pastor e disse: pastor, falei mais uma vez com Jesus. Então, assustado o pastor retrucou: ele falou o quê a respeito de meus pecados? Animosamente e de maneira humilde ela respondeu: Ele disse que não mais se lembrava de seus delitos.

O perdão de Deus é incompreensível ao homem natural, mas compreensível para os que já o experimentaram. Se você ainda não desfruta deste perdão, assim como Jesus olhou para aquela mulher, não apontando seus erros, falhas e maculações, tem o poder de lhe perdoar e te dizer: Vais e não peques mais.

Calebe Ibaldo Moreno
Departamento de Comunicação GMUH

sábado, 19 de março de 2011

Além da medicina (Gerson Rufino)

Gerson Rufino - Dia de sol

ajuda aos irmãos de morretes

quem sou eu: estamos ajuntando,alimentos,produtos de limpeza,água,para levarmos para os irmãos de morretes que estão sofrendo.com a enchente que aconteceu na cidade a equipe de evangelismo vencedores por cristo,esta usando esse meio de comunicação,para juntos um pouco de cada ,se tornará muito,assim dessa forma podemos ajudar minizar um pouco do sofrimentos dos irmãos de morretes,você pode também ajudar se poder através de depósito através dessa conta ag^3915 conta 13914-3 conta poupança,a equipe não esta usando em beneficio próprio mas sim aos irmãos de morretes, a palavra de DEUS fala aquilo que o homem prantar ,vai colher, telefone para contato 41 36010525/41 96196722 emerson atenciosamente gratos pela vossa atenção.guando você contibuir deixe seu nome que iremos orar por você,você também que necessita de oração entre em contato através do telefone ou email emerson luiz1969@bol.com.br//emerson1969@r7.com//emersonoliveira07@gmail.com

ajuda aos irmãos de morretes

quem sou eu: estamos ajuntando,alimentos,produtos de limpeza,água,para levarmos para os irmãos de morretes que estão sofrendo.com a enchente que aconteceu na cidade a equipe de evangelismo vencedores por cristo,esta usando esse meio de comunicação,para juntos um pouco de cada ,se tornará muito,assim dessa forma podemos ajudar minizar um pouco do sofrimentos dos irmãos de morretes,você pode também ajudar se poder através de depósito através dessa conta ag^3915 conta 13914-3 conta poupança,a equipe não esta usando em beneficio próprio mas sim aos irmãos de morretes, a palavra de DEUS fala aquilo que o homem prantar ,vai colher, telefone para contato 41 36010525/41 96196722 emerson atenciosamente gratos pela vossa atenção.guando você contibuir deixe seu nome que iremos orar por você,você também que necessita de oração entre em contato através do telefone ou email emerson luiz1969@bol.com.br//emerson1969@r7.com//emersonoliveira07@gmail.com